Notícia

30 de Junho de 2010
Setor de comércio e serviços lidera abertura de vagas

O setor de comércio e serviços, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, foi o que mais gerou empregos no Rio Grande do Norte em maio deste ano. Do total de 3.450 novos empregos formais abertos no estado do Rio Grande do Norte em maio deste ano, juntos, os segmentos de Comércio e Serviços, Construção Civil e Indústria de Transformação responderam por nada menos que 3.200 deles, ou quase 93% do total.

O segmento de Comércio e Serviços gerou 1.312 postos (sendo 841 no Comércio e 471 nos Serviços), ou 38% do total estadual.

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, do saldo positivo de 5.518 empregos abertos desde janeiro no Rio Grande do Norte, Comércio e Serviços contribuiu com nada menos que 4.572.

“Os números só reforçam o peso, a importância que o setor que nós representamos tem na economia do Rio Grande do Norte”, afirma o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do estado (Fecomercio RN), Marcelo Fernandes de Queiroz.

Os dados positivos impressionam ainda mais quando comparados com maio de 2009. No ano passado, o RN fechou o quinto mês com saldo negativo de 1.792 empregos. No segmento de Comércio e Serviços, o balanço apontou queda de 801 vagas.


Autor: Jornal Tribuna do Norte


WhatsApp

Outras Notícias