Notícia

06 de Dezembro de 2017
Quase metade dos mossoroenses pretendem gastar mais de 200 reais nas compras de final de ano

Pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Agricultura e Turismo (SEDAT) apontou que quase metade dos mossoroenses vai gastar mais de R$ 200,00 nas compras de final de ano.

De acordo com os dados, entre os consumidores que desejam ir às compras neste fim de ano, 46,19% deles responderam que planejam gastar acima de R$ 200,00. Já 23,32% entre R$ 101,00 e R$ 200,00.

Para os que pretendem comprar na faixa que varia de R$ 51,00 a R$ 100,00 o percentual é de 6,73%. As justificativas para a não aquisição de nenhum produto (23,32%) se concentrou principalmente no quesito de economizar (8,97%), houve também a questão do atraso salarial (2,69%), das dívidas (2,69%), e desemprego (2,24%).

A pesquisa verificou também que a grande maioria dos mossoroenses (69,51%) vai gastar com vestuários e calçados, além de perfumes e cosméticos (10,76%), eletrodomésticos/eletrônicos (5,83%), brinquedos (4,93%) e, ainda material de construção (3,59%).

O local das compras preferidos são o comércio de rua (54,26%), devido principalmente a questão dos preços, e o shopping (21,52%), pela comodidade. Existem também os que procurarão a internet: 6,28%.

A pesquisa da SEDAT apontou ainda 35,87% dos mossoroenses estão em situação financeira melhor em comparação ao mesmo período do ano anterior, entretanto, outra boa parte (34,53%) diz ter piorado consideravelmente.

Sobre a existência de dívidas, cerca de 32,29% dos consumidores ouvidos garantem não as ter. 50,22% se consideram pouco endividados e 15,70% numa situação de endividamento elevado. Estão com as dívidas em dia, 17,49%, contudo 40,36% dizem estarem com o pagamento de parte das dívidas em atraso ou até mesmo totalmente.

A SEDAT ouviu 223 pessoas entre os dias 27 e 29 de novembro de 2017. O resultado completo da pesquisa pode ser conferido em: www.prefeiturademossoro.com.br

Com informações da Prefeitura de Mossoró


Autor: Assessoria de Imprensa


WhatsApp

Outras Notícias